Estados Unidos registra casos de peste negra, doença que matou milhões na Idade Média

Os Estados Unidos registraram, somente em 2015, 15 casos de peste bubônica, com quatro mortes, segundo informações do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Mais conhecida como peste negra, a doença causou cerca de 50 milhões de mortes na África, Ásia e Europa no século 14. No século 19, mais de 12 milhões de pessoas morreram também na China. “A praga era bastante presente [nos EUA], com epidemias em cidades portuárias da costa oeste. Mas o último surto urbano da praga foi em Los Angeles em 1925. Daí se espalhou por meio de ratos do campo, e assim se entrincheirou em partes do país”, explicou Daniel Epstein, da Organização Mundial da Saúde (OMS), em entrevista à BBC. Atualmente, são registrados casos também em Madagascar, República Democrática do Congo e Peru. Quando não tratada, a peste tem um índice de mortalidade de 30% a 60% e é transmitida, geralmente, por pulgas.

Voz da Bahia